1/7

DEPOIMENTO DE UMA NOVA ALMA

Graciete Farias (Belém, 16/12/2019) 

Até há bem pouco tempo eu julgava que grandes sofrimentos só estiveram presentes em minha vida, até o momento em que eles foram úteis para meu despertar, e, nesse estado ilusório mergulhei, sem me dar conta, em uma rotina cujas vivências eram consideradas o pleno cumprimento de minha missão terrena, mesmo que grandes personagens bíblicos testemunhassem históricos de grandes caos na vida, após um 

período de calmaria. Na verdade, eu havia deixado em stand by a lei da impermanência como se ela não fizesse parte mais da minha realidade e passei a viver dentro de uma rotina que me parecia estacionária.  Então, dia após dia, fui me dedicando a prestar consultorias, ministrar cursos, praticar a espiritualidade dentro do modelo que eu havia delineado. Tudo estava perfeito! Eu havia recuperado a autoestima pelo alcance de múltiplas conquistas em áreas diversas, principalmente na área profissional, na qual passei a ser uma profissional extremamente “respeitada” pelo domínio de várias áreas do conhecimento. Nessa saga, eu nem me dei conta de que era o meu ego que estava bem satisfeito, mas, minha alma, não. Minha alma ansiava por desbravar e experienciar novos horizontes balizados pela dor e o sofrimento e, portanto, para ela pouco importava a obtenção de mais brilho, mais sucesso! 

Não foi fácil admitir que nesse cenário eu estava mais uma vez aprisionada às puras ilusões de um ego, mesmo que talvez muitos o percebessem. Assim, foi muito difícil entender que a vida não economiza os desertos que temos que atravessar, desde que haja necessidade dos mesmos para a nossa evolução.  E que também evolução nem sempre é aquilo que a gente parece entender, porque a evolução de que a alma precisa, não está atrelada à evolução que o ego busca incansavelmente.

Vagueei atônita, sem respostas por um tempo que parecia interminável... E nesse tempo fui mergulhando em um poço cada vez mais escuro e profundo, vendo a minha dita fé se esfacelar, sentindo a tão nutrida proteção espiritual se desmontar como se desmonta um circo deixando apenas um  árido vazio em seu lugar... Não sei por quantas vezes clamei pelos deuses para que viessem em meu auxílio ou quantas vezes roguei misericórdia... mas, a única resposta que eu conseguia ouvir era um tenebroso silêncio... Na verdade, eu não sabia o que fazer com tantos sentimentos e emoções discordantes que brotavam dentro de mim. Eu me sentia literalmente abandonada da espiritualidade e frágeis elos me atavam à vida material ao perceber que antigos valores foram murchando e apodrecendo dentro e ao redor de mim. E nesse ponto eu me perguntava de que adiantavam as conquistas? O dinheiro? Os amigos? E a respostas sempre se preenchiam de um profundo silêncio... até o momento em que alguém me mandou uma mensagem dizendo que havia se conectado com uma “energia” que me mandava um recado: Talita Kumi! Ora, Talita Kumi significa “Menina, levanta-te e anda!”, a mesma frase que Jesus usou para ressuscitar a filha de Jairo. Levanta-te e anda!!! Que recado mais estranho para quem havia perdido completamente o movimento das pernas... Mas, mesmo assim, entendi que deveria escutar e pronunciar esse mantra inúmeras vezes, por todos os dias. E assim, fui falando Talita Kumi e sentindo algo se mover dentro de mim, algo que não era físico, algo que nem sei bem explicar o que era, mas, que me trazia uma força imensa para lutar pela vida. E isso foi reacendendo a minha fé.

De lá pra cá, venho recuperando lentamente o movimento das pernas e fazendo múltiplas descobertas acerca da vida... tudo isso por que posso perceber nitidamente que morri e ressuscitei... E agora em mim há um novo ser que está reaprendendo a caminhar e nessa saga, tem buscado agregar novos valores que estão bem longe da formatação física.  E nesse ponto, cai em mim como uma luva, o pensamento de Chico Xavier que diz: quando descobrimos que absolutamente nada é definitivo, inclusive a vida, compreendemos a inutilidade do orgulho, a tolice das disputas, a estupidez da ganância e a inocência das tolas mágoas.

Gratidão ao Deus que há em mim e em todo o universo!

Deus é conosco!!!

REIKI: UMA DESCOBERTA QUE RESIGNIFICOU 

MINHA VIDA!

Santos, R. (Belém do Pará, julho/2014)

 

 

REDESCOBRINDO O VERDADEIRO SENTIDO

DO SER

E.S.F (em 04/08/2014)

COMPREENDENDO O CAMINHO ESPIRITUAL

  Franco, L.    

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Atendimento somente por hora marcada.

(91) 98524-6388 - 98272-9286